Dois juízos diferentes

Como sempre, pagaremos o preço da prepotência do Estado-leviatã. É o progresso técnico provocando o regresso ético. Um juiz federal americano entendeu que o programa ilimitado de espionagem norte-americano feria de morte o direito à intimidade pessoal previsto na Constituição do país. No Brasil somos mais explícitos, exigindo prévia e fundamentada autorização judicial. Outro juiz […]

leia o post


País da piada pronta

Urge libertar rádios e estações de TV da tutela estatal, acabar com as concessões do governo mandão e controlador Não se pode ou se deve falar de um governo por paixão partidária, mas por amor à pátria, segundo Cícero, o tribuno romano, aquele mesmo das famosas orações contra Catilina, conhecidas até hoje como “catilinárias”, que […]

leia o post


Maluquices brasileiras

A nação arcaica continua a reverberar a caipirice nacional que martiriza a língua portuguesa, tipo “prá mim fazer”, mas se obriga a pronunciar corretamente as palavras estrangeiras normalmente inglesas e algumas francesas. Temos uma religiosidade avessa ao capitalismo e, supostamente, aos “bens materiais” (a ausência deles é a pobreza, a vida sub-humana). O Brasil escancara […]

leia o post


Os idos de junho

Que ninguém se engane. A combustão social espontânea de junho pode até não se repetir, mas as causas profundas da rebelião cidadã permanecem intactas, a saber: a corrupção governamental, o desperdício e a má gestão da coisa pública, a ineficiência degradante do sistema de saúde, a péssima educação pública, a onipresente falta de segurança e […]

leia o post


Espionagem

O que sobra do episódio não é um rasgão na soberania, mas a indicação indubitável da ineficiência do governo e do Estado no Brasil Gosto do verbo espiar, mas prefiro o verbo olhar. “O verde no olhar da minha amada”. Outro dia li: “A artista levou à Europa um olhar tipicamente brasileiro sobre a vida […]

leia o post


Pág 30 de 3939 ...1020...26272829303132333435...39