A sina do Brasil

Teremos eleição em 2014. É hora de refletirmos sobre o descasamento entre o governo e a iniciativa privada (a que não troca vantagens com ele) Bastou a presidente Dilma entrar no governo para as coisas se complicarem, interna e externamente, ao ponto de assistirmos pela primeira vez na história do Brasil, em vez de festas […]

leia o post


Espionagem

O que sobra do episódio não é um rasgão na soberania, mas a indicação indubitável da ineficiência do governo e do Estado no Brasil Gosto do verbo espiar, mas prefiro o verbo olhar. “O verde no olhar da minha amada”. Outro dia li: “A artista levou à Europa um olhar tipicamente brasileiro sobre a vida […]

leia o post


Intervenção na Síria

Os Estados Unidos não são o juiz, a polícia e o sistema carcerário da humanidade. Quem lhes deu esse mandato? O Conselho de Segurança da ONU reflete o fim da 2ª Guerra Mundial. As potências vencedoras decidem juntas e cada uma exerce o poder do veto. São cinco: EUA, Rússia, China, França e Reino Unido. […]

leia o post


Pantomima boliviana

O assassino italiano Cesare Battisti não foi extraditado. O senador boliviano, por não ser esquerdista, será? Lavaram as mãos como Pilatos e botaram a culpa na Casa dos Saboias, uma família de grandes homens, sempre a serviço da pátria, desde os tempos do Império. De quebra, destituíram o insignificante chanceler Patriota, o pior que já […]

leia o post


Morales e seu avião

Tenho para mim que Snowden tem toda razão. Ele desnudou a desfaçatez norte-americana Não morro de amores pela Bolívia de Evo Morales. Lembro-me do aparato militar, signo do poder, com o qual se apossou da refinaria da Petrobras, sem que Lula esboçasse um gesto sequer de desagrado, proclamando assim ao mundo a sua “soberania” sobre […]

leia o post


Pág 2 de 41234