Dois juízos diferentes

Como sempre, pagaremos o preço da prepotência do Estado-leviatã. É o progresso técnico provocando o regresso ético. Um juiz federal americano entendeu que o programa ilimitado de espionagem norte-americano feria de morte o direito à intimidade pessoal previsto na Constituição do país. No Brasil somos mais explícitos, exigindo prévia e fundamentada autorização judicial. Outro juiz […]

leia o post


Nossa insegurança diária

Aqui é o paraíso da bandidagem, do suplício dos inocentes, da impunidade dos poderosos, do falar muito e do nada fazer A nossa idealista Ana Paula Maciel, ativista do Greenpeace presa na Rússia, relatou em entrevista suas conversas em duas cartas escritas à família. São frases cheias de emoção e esperança: “Estou bem, tenho momentos […]

leia o post


Espionagem

O que sobra do episódio não é um rasgão na soberania, mas a indicação indubitável da ineficiência do governo e do Estado no Brasil Gosto do verbo espiar, mas prefiro o verbo olhar. “O verde no olhar da minha amada”. Outro dia li: “A artista levou à Europa um olhar tipicamente brasileiro sobre a vida […]

leia o post


Intervenção na Síria

Os Estados Unidos não são o juiz, a polícia e o sistema carcerário da humanidade. Quem lhes deu esse mandato? O Conselho de Segurança da ONU reflete o fim da 2ª Guerra Mundial. As potências vencedoras decidem juntas e cada uma exerce o poder do veto. São cinco: EUA, Rússia, China, França e Reino Unido. […]

leia o post


Morales e seu avião

Tenho para mim que Snowden tem toda razão. Ele desnudou a desfaçatez norte-americana Não morro de amores pela Bolívia de Evo Morales. Lembro-me do aparato militar, signo do poder, com o qual se apossou da refinaria da Petrobras, sem que Lula esboçasse um gesto sequer de desagrado, proclamando assim ao mundo a sua “soberania” sobre […]

leia o post


Pág 9 de 1313 ...45678910111213