A catástrofe de julho

O futebol não é tudo. Nem só de circo vivemos. O povo quer progresso, paz e organização. Nossos jogos decisivos são as eleições. Para os brasileiros, os 7 x 1 foram uma catástrofe, igual a uma derrota definitiva na guerra. Nos acostumamos a ver na Seleção “a pátria de chuteiras” (Nelson Rodrigues). Mas o futebol […]

leia o post


Política levada a sério

A política é, às vezes, nauseante, mas necessária. Precede a governança, sua expressão maior em qualquer lugar do planeta. O nosso futuro dela depende. Tem-se dito que entre 30% e 40% dos brasileiros estão fartos da “velha política”, dos líderes em voga, dos partidos vigentes. Minha leitura é outra. Estão fartos é do PT, suas […]

leia o post


O Decreto 8.243

O PT perdeu o monopólio dos movimentos sociais. O governo ficou sem o termômetro da insatisfação popular e tenta recuperá-lo. A democracia direta, sem a interposição dos partidos políticos, voltou à cena no Brasil com o suspeito Decreto 8.243 (maio de 2014) da presidente Dilma, cujo conteúdo iremos comentar. É preciso dizer que a democracia […]

leia o post


O governo da anarquia

Em conferência em Salvador, Clóvis Torres, jovem e talentoso advogado, estampou uma citação da Ayn Rand: “Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e […]

leia o post


Urge diminuir o Estado

Economias estatizadas sofrem de intromissão política, de ineficácia gerencial e de corrupção generalizada A Petrobras é uma sociedade anônima cotada nas bolsas de São Paulo e Nova Iorque, tendo por maior acionista a União Federal. Os desmandos políticos colocam em risco a sua saúde financeira e gerencial. Impõe-se pensar os limites do Estado na economia. […]

leia o post


Pág 11 de 1515 ...6789101112131415