Flagrantes do Brasil

Nosso crescimento é na base de crédito, muitas prestações, gastos estéreis do governo, consumo de bens de uso e exportação de commodities. As enchentes anuais, de norte a sul, causam-nos danos materiais, desabrigados e mortes equivalentes aos países sujeitados a terremotos, tsunamis e erupções vulcânicas. Os governos no Brasil não se dão conta disso. Inexistem […]

leia o post


Pragmatismo e agronegócio

O nome a encimar o título do artigo significa ser prático com inteligência. É mais que praticidade. É como deve ser o Brasil. Virou moda dizer que somos exportadores de artigos primários, extração mineral (minério de ferro, outros) e produtos do agronegócio, incluindo os semimanufaturados desses setores, como se fosse pouco. Por outro lado, falta-nos […]

leia o post


Tipos de voto distrital

Precisamos inviabilizar o presidencialismo de coalização (28 partidos). Nele reside a desgraça política nacional. O voto distrital orienta-se por dois paradigmas: modelos alemão – certo que a Alemanha é um país federal, porém, muito centralizado – e inglês. A Inglaterra é um país relativamente pequeno, populoso e unitário, inexistindo estados, somente administração de municípios (condados). […]

leia o post


Engodo à vista

Os sistemas eleitorais e partidários são vários. Maurice Duverger tem sobre o assunto o melhor tratado. São 780 páginas em que o conhecimento teórico alia-se à observação prática do que ocorreu com estes sistemas onde quer que tenham sido praticados. Nele me escudo para combater o voto distrital misto. No Brasil, que é um país […]

leia o post


Direitos Humanos

O legado abraâmico está entranhado em nossa cultura. O islã não se considera retardatário, religiosamente falando, no seio da família semítica, cujos primórdios remontam à época em que os acádios (ou caldeus) se estabeleceram na Mesopotâmia, juntando-se aos sumérios (raça tamil), à volta do sexto milênio a.C. Os caldeus formaram, com os egípcios, chineses e […]

leia o post


O Império do meio

Tolos são os que aguardam uma explosão democrática à moda ocidental, na China, capaz de esgarçar seu comando. A China, em 2010, chegou ao posto de segunda economia mundial, com um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 5,745 trilhões. É o maior importador e exportador do planeta, superando a Alemanha em 2009. Em 2013, terá […]

leia o post


Reforma política

O financiamento público de campanha, pelo pouco significado, despesa boba, não importa. Uma reforma política abrange múltiplos aspectos, como a forma de governo, o estatuto dos partidos, o processo eleitoral etc. Contudo, o primeiro passo a dar é de uma simplicidade insuspeitada. Trata-se de, nas eleições proporcionais (deputados e vereadores), declarar eleitos os sucessivamente mais […]

leia o post


Agora seria a hora

Cumpre à diplomacia brasileira atuar no Oriente Médio, longe de afagos a tiranos como Mahmud Armadinejad, presidente do Irã. Levantar as bandeiras da democracia política, da intolerância às ditaduras, sejam teocráticas ou oligárquicas, e do regime econômico da livre iniciativa daria agora ao Brasil visibilidade e confiança, não só no mundo árabe – e aqui […]

leia o post


O Egito outra vez

Erra quem achar que o mundo islâmico é uma coisa só. Por isso é tão diverso, como o mundo cristão. Algo esperado, com aparência de inusitado, ocorre no mundo islâmico 280 anos depois das convulsões do Ocidente. A Europa, no passado, já teve reis absolutistas, inexistência de direitos políticos e terríveis guerras religiosas entre católicos […]

leia o post


Guerra cambial

Precisamos de uma âncora fiscal séria e responsável. A China, que desde 2005 subiu em 5% o valor do yuan em relação ao dólar, continuará a fazê-lo lentamente ou estancará o processo – à medida que o dólar acelerar a desvalorização –, certamente aumentará aos poucos os salários e os juros para absorver sua produção […]

leia o post


Pág 50 de 5353 ...102030...44454647484950515253